top of page

Rumo ao Mercosul: Descubra as Vantagens e potencialidades deste mercado

Exportar para o Mercosul oferece uma série de vantagens para as empresas brasileiras, destacando-se como um destino de grande potencial de crescimento. Você sabe quais as principais vantagens e o potencial desse mercado? A Líderi está pronta  a te ajudar a compreender mais sobre esse  mercado promissor.


O Mercosul, também conhecido como Mercado Comum do Sul, surgiu no ano de 1991 e é formado por países como Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai. Ele se estabeleceu como uma das maiores zonas de livre comércio global, alcançando mais de 290 milhões de pessoas. Além de promover o comércio entre seus membros, o Mercosul também busca fomentar a cooperação em diversas áreas, como educação, cultura, ciência e tecnologia.


Com um mercado consumidor abrangente, o Mercosul se estabeleceu em 2022 como o quarto destino mais significativo das exportações brasileiras. Dentre os membros do Mercosul, a Argentina se destacou como o principal comprador, adquirindo 70,5% do total exportado. A presidência rotativa do bloco, assumida este ano pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, impulsionou e trouxe visibilidade a esse mercado, proporcionando uma excelente oportunidade para as empresas brasileiras que buscam expandir seus horizontes ou iniciar suas operações de exportação.


Entre as vantagens práticas, se destacam:


  • A proximidade geográfica: Por fazerem fronteiras com o Brasil há uma redução dos custos logísticos, como redução dos gastos com o armazenamento dos produtos perecíveis,  e  reduz custo de transporte, a principal via modal utilizada é a rodoviária e marítima segundo dados do comex stat;

  •  A eliminação de tarifas e barreiras comerciais entre os membros:  Não há necessidade de pagar taxas adicionais no processo de exportação, fazendo com que o processo  seja mais rápido e econômico;

  •  A harmonização de normas e regulamentações técnicas: desburocratiza o processo ao superar as barreiras técnicas ao comércio, tais como  diferenças nas regulamentações de segurança, qualidade e especificações entre outras, proporcionando um ambiente mais fluido e integrado para as empresas. ;

  • Outra vantagem é a possibilidade de realizar transações em moeda local ao comercializar com países como Argentina e Uruguai, membros do Mercosul.  Por meio de convênios SML, estabelecido pelo Banco Central do Brasil, as empresas brasileiras  podem fazer o pagamento em suas respectivas moedas ao invés do dólar, o que  proporciona uma  negociação  mais estável em comparação com as flutuações do dólar.

Fontes do post: Comexstat, Apex Brasil


No entanto, antes de decidir sobre a exportação para o Mercosul, é crucial considerar outros aspectos, é necessário analisar o que a sua empresa comercializa e qual o país mais adequado para esse fim.  Para te auxiliar nesse processo a Líderi  oferece soluções abrangentes, como estudos de mercado, análises de conjuntura, logística, planejamento burocrático, prospecção internacional, viabilidade de exportação e cadastramento no Radar SisComex. Agende um diagnóstico gratuito com nossos consultores para obter orientação personalizada sobre as oportunidades internacionais ideais para o seu negócio.








66 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page