top of page

Mercado Craft de bebidas: de Cerveja a Cachaça

Atualizado: 10 de mar. de 2023

Por Darlon Gomes


O mercado craft de bebidas surgiu no Brasil com inspiração no movimento The Craft Brewer Renaissance, que deu origem a diversas cervejarias nos Estados Unidos por volta dos anos de 1960. O diferencial desse mercado, além do próprio produto, é a experiência de consumo e a relação das fábricas com o consumidor final. Na maioria dos casos, as fabricantes oferecem visitas guiadas e um ambiente agradável para o consumo, fazendo o público tornar-se fã da marca.


No mundo, o mercado de cerveja artesanal atingiu o valor de US$ 103,85 bilhões em 2021, a projeção é que essa quantia supere os US$ 200 bilhões até 2027 (IMARC GROUP, 2022). Já, no âmbito brasileiro, o país possui 1.549 cervejarias - estando a maioria presente no Sul e Sudeste - que movimentam R$ 77 bilhões por ano (FORBES, 2022).



Segundo a ApexBrasil, as exportações brasileiras de cerveja chegaram ao montante de US$ 131 milhões, impulsionada por 1.380 cervejarias (convencionais ou artesanais) espalhadas por aproximadamente 700 municípios - tendo como principais destinos: Paraguai, Bolívia e Chile. O setor de exportação cresceu 42% de 2020 para 2021.


A segunda bebida alcoólica mais famosa do Brasil e o terceiro destilado mais consumido do mundo, a cachaça, é produzida principalmente de maneira artesanal. Segundo ExpoCachaça, os pequenos e médios produtores são responsáveis por 98% da produção nacional. Por ser, em grande parte, formada artesanalmente a cachaça faz parte do movimento de bebidas Craft, sendo muito apreciada principalmente nos EUA e Europa.


O consumo desse destilado mundialmente foi impulsionado, em grande medida, pela adoção de certificações de qualidade e autenticidade, feito pelo Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro), atestando que aquela bebida seguiu todas as regras de produção.

De acordo com dados da CBRC (Centro Brasileiro de Referência da Cachaça), as exportações de cachaça em 2021 configuraram US$ 13,17 milhões, equivalente a 7,22 milhões de litros, representando um crescimento de 38,39% em valor de 2020 para 2021. Os principais destinos foram: Estados Unidos (26,42%), Alemanha (14,29%), Paraguai (10,04%) e Portugal (7,11%) (EXPOCACHAÇA, 2022).



A partir dos dados apresentados, é possível concluir que o mercado craft de bebidas tende a crescer cada vez mais. Os produtores que estiverem dispostos a investir na exportação dos seus produtos tendem

a ganhar ainda mais com esse crescimento.


Tem interesse em exportar bebidas?


A Líderi Júnior disponibiliza soluções que te auxiliam a entender as oportunidades internacionais para o seu negócio, por meio de estudos de mercado, análise de conjuntura, logística , planejamento burocrático e prospecção internacional. O apoio de uma consultoria internacional é o diferencial para conseguir sucesso nesse processo, agende um diagnóstico gratuito com um de nossos consultores.



Nossa paixão é te levar mais longe!




REFERÊNCIAS


APEXBRASIL. Cerveja brasileira conquista o mundo, com mais US$ 131 milhões em exportações no último ano. Disponível em: https://apexbrasil.com.br/br/pt/conteudo/noticias/cerveja-brasileira-conquista-o-mundo.html;


EXPOCACHAÇA. ‌Números da Cachaça. Disponível em: https://www.expocachaca.com.br/numeros-da-cachaca/;


IMARC GROUP. Craft Beer Market Share, Size, Growth and Forecast 2022-2027. Disponível em: https://www.imarcgroup.com/craft-beer-market;


MAFRA, Erich. Brasil mostra que é um país cada vez mais cervejeiro. Forbes Disponível em: https://forbes.com.br/forbesagro/2022/09/brasil-mostra-que-e-um-pais-cada-vez-mais-cervejeiro/;


MASTER CERVEJA. A impulsão do mercado de craft beer. Disponível em:

http://mestrecervejeiro9.globo.com/cultura-cervejeira/impulsao-mercado-craft-beer.html;


SEBRAE. Saiba mais sobre tendência do mercado de cachaça. Disponível em: https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/saiba-mais-sobre-tendencia-do-mercado-de-cachaca,39aa6a2bd9ded410VgnVCM1000003b74010aRCRD.


86 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page